Regionais - BARRACO! Desconfiada, mulher flagra marido idoso em quarto de motel com sobrinha periguete e aplica 'surra federal'. TUDO FILMADO. VEJA VÍDEO - Notícias
(1) 2 3 4 ... 16566 »
Regionais : BARRACO! Desconfiada, mulher flagra marido idoso em quarto de motel com sobrinha periguete e aplica 'surra federal'. TUDO FILMADO. VEJA VÍDEO
Enviado por alexandre em 19/10/2020 23:13:17


O velhote estava nu e entrou na peia assim mesmo ao ser flagrado pela esposa chifruda

Um flagrante de traição conjugal não poderia terminar de outra maneira que não fosse com muita tapa aplicada pela esposa traída na cara do marido sem vergonha. E mais uma vez ficou provado que se a parceira for “gostosa” um homem de idade bem avançada consegue dar suas “cacetadas”. Ainda mais se tiver o estimulante sexual conhecido com Viagra.

 

Veja também

Vídeo mostra exato momento em que crocodilo devora homem que nadava na lagoa. VEJA

 

Homem embriagado é preso após atropelar mãe e filha. VEJA VÍDEO

 

Um vídeo começou a circular nas redes sociais manhã desta segunda-feira,19, mostrando uma mulher “chifrada” quebrando a motocicleta do marido e lhe aplicando um corretivo pela polada de cerca. A mulher descobre o 'ninho' de amor do casal. O veículo está na porta do apartamento onde o marido dela está trancado com a outra que para completar é sua sobrinha dela.

 

Tapa na cara foi o que não faltou durante o flagrante de traição conjugal

 
A mulher pate a porta e aos gritoa diz que vai arronmbar. Nu, o o marido sem vergonha abre a porta e vela uma 'surra federal'. A periguete que estava com o idoso ainda tenda livrá-los. Em um dos trechos do vídeo a esposa traída diz “Olha o charme do homem. Dentro do motel com uma sobrinha minha. E os dois morando comigo”.


A mulher filma tudo eesbraveja que vai por na internet para ele “deixar de ser safado”. Não há informação de onde o flagrante de traição conjugal aconteceu, mas existem comentários de que isso aconteceu em um motel(sem nenhuma estrela) de Manaus.

 

A sobrinha que botou chifre na tia tenta defender o velhote tarado mas não

conseguiu impedir que ele levasse uma surra paralargar

de ser "senvergonha" (Fotos: Divulgação) 

 

 

VEJA VÍDEO: https://portaldozacarias.com.br/site/noticia/barraco--desconfiada--mulher-flagra-marido-idoso-em-quarto-de-motel-com-sobrinha-periguete-e-aplica--surra-federal-.-tudo-filmado.-veja-vadeo/

Regionais : IMAGEM FORTE! Jovem tem cabeça partida a terçadadas em briga de gangues
Enviado por alexandre em 19/10/2020 23:10:45


Os golpes foram profundos e atingiram em cheio a cabeça do jovem

O jovem identificado como Darkson Carneiro se envolveu em uma briga de galeras no começo da noite de ontem, domingo, 18, foi atingido com duas violentas terçadadas na cabeça e agora está entre a vida e a morte.


Darkson encontra-se internado em estado gravíssimo no hospital do município de Barreirinha, distante 330 quilômetros de Manaus em linha reta.


As informações preliminares noticiam que a briga que envolveu vários membros de galeras aconteceu mais exatamente no Distrito das Pedras, situada ao Sul da zona rural do município de Barreirinha.

 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Dois homens são mortos a tiros em comunidade dominada por 'piratas de rio' em Japurá, Interior do Amazonas

 

IMAGENS FORTES! Jovem de 16 anos é executado com seis tiros na noite deste sábado no bairro Nossa Senhora de Fátima, Zona Norte de Manaus

Imagem divulgada através do WhatsApp mostram a profundidade e a gravidade dos golpes que abriram golpes dos dois lados da cabeça de Darkson Carneiro.


Ainda não há informações sobre prisão de envolvidos na briga de galeras, mas foi noticiado que policiais militares e uma equipe da Delegacia Interativa de Polícia de Barreirinha estão em diligências no Distrito das Pedras para prender os “galerosos”.


As duas galeras já seriam rivais e envolvidas em constantes cenas de violência e o confronto de domingo foi o mais violento de todos os que já haviam acontecido.

 

 

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE!

 

 

Foto: Divulgação
 

Regionais : Concursos para policiais: veja lista de seleções autorizadas ou previstas para 2020/2021
Enviado por alexandre em 19/10/2020 23:06:04


Haverá oferta de vagas para níveis médio e superior em diversos cargos

Polícia Civil do Distrito Federal


A PCDF está oferecendo dois concursos públicos: um para preenchimento de 1.800 vagas de nível superior no cargo de agente — sendo, deste número, 600 de provimento imediato e 1.200 para formação de cadastro reserva. E outro que oferece 300 vagas para escrivão, cargo de nível superior. O salário de ambas as profissões é de R$ 8.698,78 para 40 horas de trabalho semanal.


No momento as provas estão suspensas, por conta da pandemia, e aguardando um novo cronograma. Saiba mais aqui!

 

Veja também

 

Confira os concursos públicos previstos para o Amazonas e as oportunidades no Brasil em 2020/2021

 

Concurso mais esperado do Brasil foi autorizado. São 40 vagas com salários passam de R$ 30 mil. CONFIRA

Concurso PF


O próximo concurso público da PF, que vai oferecer 2 mil vagas, é um dos mais aguardados no país. E, de acordo com a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) a previsão é que a definição da banca organizadora seja logo em outubro.

 

De acordo com o presidente da Federação, Luis Boudens, os possíveis prazos e datas do concurso foram enviados ao governo junto ao pedido para a realização do concurso. E, esse cronograma prévio indica que o contrato com a banca será assinado e oficializado em novembro. Dessa forma, a escolha da organizadora deve ocorrer em outubro. A previsão indica ainda que o edital pode sair até dezembro deste ano e que as provas sejam realizadas em abril.

 

Das 2 mil vagas oferecidas, 1.016 mil são para cargo de agente; 300 vagas para delegado; 600 vagas para escrivão; e 84 para papiloscopista. O salário inicial para delegados da PF é de R$ 23.69274, já para agente, papiloscopista e escrivão é de R$ 12.522,50. Saiba mais aqui!


Concurso PRF


Bolsonaro afirmou que próximo concurso da PPRF vai oferecer 2 mil vagas e pode ser aberta no final do ano ou no início do próximo.

 

O projeto básico do novo concurso público da (PRF) já foi entregue pela comissão da seleção. A informação foi confirmada pelo diretor-executivo da corporação, José Hott. Agora, o processo se encaminha para a escolha da banca organizadora. Entretanto, esse trâmite depende de aval do governo.

 

Em uma live realizada no Instagram, Hott explicou que a comissão cumpriu seu papel de providenciar o projeto e que a corporação está preparada para que o certame seja autorizado.

 

O órgão registra 2.758 cargos vagos de policial rodoviário federal. A participação no certame deve exigir ensino superior e os salários variam entre R$ 9.899,88 e R$ 16.552,34. Saiba mais aqui!


Depen


O concurso lançado está suspenso por conta da pandemia, mas a seleção vai oferecer 309 vagas, para especialistas e agentes federais do órgão

 

As chances são de nível superior para especialista federal em assistência à execução penal, com remuneração de R$ 5.865,70. O posto é dividido nas áreas de enfermagem, médico clínico, médico psiquiatra, odontologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional. Já para quem tem nível médio, há vagas para agente federal de execução penal, com remuneração R$ 6.030,23. Para concorrer também foi necessária também carteira de habilitação de categoria B. Saiba mais aqui!


Polícia Civil do Pará


A Polícia Civil do Pará (PCPA) anunciou que retomou o processo licitatório (concorrência pública) para contratação da empresa que vai organizar o concurso público da corporação. Ao todo, serão 1.495 vagas para os cargos de delegado (265), escrivão (252), investigador (818) e papiloscopista (160). Para assumir os cargos, é necessário que os candidatos possuam graduação de nível superior completo, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Para o cargo de delegado também é necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação. Saiba mais aqui!


PM e PC do Pará


Os próximos concursos públicos das polícias civil e militar do Pará vão oferecer mais de 3 mil vagas e já tiveram as bancas organizadoras escolhidas. A empresa instituto AOCP será a responsável pelo concurso da Polícia Civil (PC) do Pará e o instituto IADES pelo concurso da Polícia Militar (PM).

 

A Seplad informou também que trabalha dentro de sua competência, para que o edital do concurso seja publicado até o fim de 2020.

 

Para a PC o certame prevê vagas para os seguintes cargos: 265 vagas para delegado, 252 para escrivão, 818 investigador e 160 para papiloscopista. Já para a PM serão 95 vagas de oficial e 2.310 Praça, totalizando 2.405 oportunidades. Saiba mais aqui!

 

PMRJ


O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel autorizou a abertura de um novo concurso público para preenchimento de 32 vagas para ingresso no quadro de oficiais da Polícia Militar (PME/RJ).

 

O último concurso para o cargo lançado pela PME/RJ foi em dezembro de 2018, com 37 vagas para candidatos com graduação em direito. O salário na ocasião foi de R$ 7.605,10 e a seleção foi organizada pelo Ibade. Saiba mais aqui!


PCRJ


O secretário da Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ), Marcus Vinícius Braga, confirmou que o edital de abertura do novo concurso público da corporação vai sair ainda em 2020! Segundo o secretário, serão abertos concursos para quem tem nível fundamental, médio e superior. Saiba mais aqui!


Polícia Civil de Minas Gerais


Segundo a assessoria da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), o órgão encaminhou ao governo estadual a solicitação de que haja 1.514 vagas no próximo certame. O pedido está sendo analisada pela Câmara de Orçamento e Finanças do Estado (Cofins).

 

As vagas estão distribuídas entre sete cargos de nível médio e superior: serão 201 vagas para delegado, 317 para escrivão, 689 para investigador, 16 para médico legista, 51 para perito, 80 para analista e 160 para técnico assistente.Saiba mais aqui!


Polícia Penal de Minas Gerais


Foi autorizado um novo concurso para a Polícia Penal de Minas Gerais. A informação foi confirmada pelo secretário de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, general Mário Lúcio Alves de Araújo, durante uma live em rede social do Departamento Penitenciário (Depen-MG).

 

Segundo ele, já existe uma comissão organizadora formada para elaborar a seleção. O general explicou também que, como trata-se de um processo complexo, a publicação do edital pode demorar cerca de um ano. Por isso, espera-se que o documento só seja anunciado em 2021. Saiba mais aqui!


Polícias Civil, Militar e Penal de ALagoas


O governador de Alagoas, Renan Filho, prometeu a realização de novos concursos públicos já no primeiro semestre de 2021! Entre eles, estão as Polícias Civil, Penal e Milistar do Estado.

 

O último concurso para a Polícia Militar do Alagoas foi realizado em 2018 e ofertou 500 vagas para atuação no cargo de soldado combatente, com remuneração de R$ 3.744,47. Os candidatos deviam possuir idade entre 18 e 30 anos, nível médio completo, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo de categoria B, entre outros requisitos. O exame contou com avaliação médica de saúde física e mental, comprovação documental e investigação social, provas objetivas e teste de aptidão física. Veja o edital.

 

PCAL

 

Até o momento, não se sabe muitos detalhes sobre o exame, mas, segundo Renan Filho, serão dois cargos oferecidos: agente da polícia e delegado; ambos de nível superior, com salário inicial entre R$ 3.800 e R$ 12.593. O número de vagas, banca organizadora e cronograma serão divulgados no edital de abertura.

 

O último concurso público foi organizado pelo Cebraspe, em 2012, e ofereceu 400 chances para agente da polícia, delegado e escrivão. Veja o edital.

 

Polícia Penal AL

 

Para atuar como policial penal, é necessário ensino superior completo. O salário base para esta profissão é de R $3.800, podendo chegar a até R$ 9.359, de acordo com a Lei nº 7.993, de 15 de fevereiro de 2018. O último concurso para trabalhar na Polícia Penal do Alagoas foi organizado pela Fundação Apolônio Salles em 2006, com 1.200 oportunidades. A seleção contou com uma prova objetiva de 100 questões de múltipla escolha e um teste de aptidão física. Veja o edital.


PCRN


O estado do Rio Grande do Norte e o Ministério Público assinaram o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) oficializando a responsabilidade integral da Polícia Civil estadual (PCRN) sobre seu próximo processo seletivo, além de facilitar e agilizar o concurso público PCRN, que deverá ser aberto em breve. O termo foi assinado pelo secretário de Segurança Pública, Coronel Francisco Araújo.

 

O concurso deverá oferecer 301 vagas, sendo 47 para delegado, 230 para agente e 24 para escrivão, com salário podendo chegar a R$ 16.670,59, e está sendo coordenado no momento por Ana Cláudia Saraiva Gomes, delegada geral da Polícia Civil do Estado, e Virgínia Ferreira, secretária de Administração. Saiba mais aqui!


PCSP


A Polícia Civil de São Paulo (PCSP) está autorizada a abrir concurso com 2.939 vagas. De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado, as comissões responsáveis pelo certame, formadas em fevereiro, já elaboram os editais.

 

Foram quatro autorizações para abertura de 2.939 vagas, sendo 250 cargos vagos de delegado, 900 cargos vagos de investigador de polícia, 1.600 cargos vagos de escrivão de polícia e 189 cargos vagos de médico legista. Todos os postos são de 3ª classe e o exercício está previsto para 2020. Saiba mais aqui!

 

PCPR


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está com o concurso paralisado por conta da pandemia. Mas, a seleção vai ofertar 400 vagas de nível superior.

 

O concurso, organizado pela FUNPAR, oferta 50 vagas para delegados de polícia, 50 para papiloscopistas e 300 vagas para investigadores. As inscrições abriram no dia 4 de maio e se encerraram no dia 2 de junho deste ano, totalizando mais de 106 mil inscritos. Conforme o calendário previsto no edital, as provas estavam marcadas para o dia 26 de julho deste ano, em Curitiba. Saiba mais aqui!


PMPR


Também está adiado o concurso público para Polícia Militar do Paraná (PMPR). Serão contratados 2,4 mil servidores, sendo duas mil vagas para policiais militares e 400 para bombeiros militares.

 

A banca examinadora é a Universidade Federal do Paraná (UFPR). Saiba mais aqui!

 

PMTO


O Governo de Tocantins autorizou a realização de um novo concurso público para admissão ao curso de formação de soldados da Polícia Militar do Estado (PMTO)! A comissão organizadora já foi definida e o processo para realização do certame está em andamento. De acordo com a assessoria da PM, ainda não há previsão para lançamento do edital do concurso.

 

Para participar é necessário ter nacionalidade brasileira, idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos, altura mínima de 1,63m, se do sexo masculino, e 1,60m, se do sexo feminino, nível médio completo e não ser ex-aluno ou ex-agente público, civil ou militar, desligado, demitido ou exonerado por incompatibilidade ou motivo disciplinar. Saiba mais aqui!


PMSP


A Polícia Militar de São Paulo (PMSP) publicou a dispensa de licitação que define a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como banca responsável por organizar o próximo concurso para formação de alunos oficiais. Serão oferecidas 130 chances para o cargo.

 

 

Além desta seleção, a corporação está autorizada a adotar as providências necessárias para a abertura de concursos públicos visando o provimento de 5.605 cargos!Saiba mais aqui!
 

Correio Web

Regionais : MP recomenda à Polícia Civil que estabeleça prioridade em tramitação, apuração e conclusão de Procedimentos de Atos Infracionais em Jaru
Enviado por alexandre em 19/10/2020 23:03:53

MP recomenda à Polícia Civil que estabeleça prioridade em tramitação, apuração e conclusão de Procedimentos de Atos Infracionais em Jaru

O Ministério Público de Rondônia expediu recomendação à Direção da Polícia Civil para que seja dada prioridade na tramitação, apuração e conclusão de Procedimentos de Apuração de Atos Infracionais (PAAIs) e Boletins de Ocorrência Circunstanciada em Jaru.

A recomendação, emitida pelos Promotores de Justiça Fábio Rodrigo Casaril, Leonardo Goulart Magalhães e Roosevelt Queiroz Costa Júnior, é destinada ao Delegado-Geral, ao Corregedor-Geral e aos delegados de Polícia Civil de Jaru.

No documento, o MP argumenta que causas envolvendo crianças e adolescentes possuem prioridade absoluta, conforme estabelece a Constituição Federal. Esse tratamento também é assegurando, sob pena de responsabilidade, na tramitação de processos e procedimentos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), assim como nos atos e diligências judiciais.
O Ministério Público  destaca que, aplicando analogicamente o Código de Processo Penal, o Procedimento de Apuração de Ato Infracional deve terminar no prazo de 30 dias.

Ocorre que, recentemente, o MP requisitou todos os Procedimentos de Apuração de Ato Infracional existentes na Delegacia de Polícia Civil de Jaru para análise dos documentos. Após o trabalho, foi constatado que, dos 80 procedimentos, 44 estavam parados sem qualquer diligência, por mais de mil dias.

O MP lembra que constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições, em especial, retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício.

Em razão da constatação obtida com a análise dos chamados PAAIs, o Ministério Público instaurou procedimento administrativo para acompanhar e fiscalizar as investigações e andamentos dos Procedimentos de Apuração de Atos Infracionais em Jaru.  

ASCOM MP/RO

Amor e Sexo : Testei a calcinha absorvente e parei de ter medo da menstruação
Enviado por alexandre em 19/10/2020 22:59:58


Repórter do iG Delas usou a calcinha absorvente por três meses e compartilha como foi a experiência

Nos últimos anos, pessoas que menstruam estão cada vez mais engajadas em buscar alternativas para substituir o absorvente descartável. Para isso, a calcinha absorvente tem sido muito buscada.

 

Os motivos variam entre diminuir o impacto ambiental produzindo menos lixo, gastar menos dinheiro ou tornar o momento da menstruação mais confortável.

 

Eu me considero uma dessas pessoas, principalmente porque os dias de menstruação para mim são marcados por muito desconforto. Conversei com muitas amigas que aderiram e fiz muitas pesquisas para saber se valia a pena investir.

 

Veja também

 

Gengibre, o ingrediente de beleza que você precisa usar. VEM CONHECER SEUS BENEFÍCIOS

 

Confira 7 dicas de saúde e beleza que valem ouro

O que me fez buscar por uma calcinha absorvente


Meu ciclo sempre foi uma bagunça e meu fluxo tende a ser intenso. Vou abrir o jogo: isso me fez ter “trauma de menstruar”, porque todo mês tenho medo de o absorvente não aguentar e eu acabar sujando tudo.

 

Quando eu era mais nova e a menstruação ainda não tinha se estabilizado, passei por momentos em que a blusa amarrada na cintura era minha melhor amiga e nem mesmo três absorventes noturnos davam conta do recado (acredite, eu sei do que estou falando). Os vazamentos eram frequentes. Na escola, eu sempre era a garota da sala de aula que saía por último para que o estrago fosse um segredo entre as faxineiras e eu.

 

 

Esse trauma até que se aquietou e hoje encaro a situação com um pouco mais de leveza. Mesmo assim, penso que o melhor para mim é viver os dias de menstruação da maneira mais confortável e acolhedora possível. É aí que entra o meu desejo de experimentar outros tipos de absorventes, como a calcinha absorvente.

 

Pensando que outras pessoas podem ter perguntas e anseios similares aos meus, decidi compartilhar minha experiência. Para isso, usei como base minhas três primeiras menstruações depois que ela chegou oficialmente na minha vida.

 

Primeiro mês usando a calcinha absorvente


Comprei a minha calcinha absorvente pelo site da marca Pantys. O modelo escolhido foi uma hot pant de fluxo intenso, que custa R$ 99 sem o frete. O preço pode parecer salgado, mas parei para fazer as contas e fiquei chocada ao descobrir que, por ano, gasto uma média de R$ 590 com absorventes descartáveis.

 

A calcinha chegou em uma embalagem cheirosíssima, confesso que fiquei até com um pouco de dó de usar. O modelo é lindo e ficou bem adaptado no meu corpo. Percebi que fiquei esperando ansiosamente pela minha menstruação, pois estava doida para testar.

 

 

Mas quando a menstruação finalmente veio fiquei receosa. "E se eu usar e vazar tudo?". "E se eu não lavar direito?". Decidi que seria melhor testar a calcinha pela primeira vez nos dias em que meu fluxo não estivesse tão intenso. Lá pelo terceiro dia, combinei a calcinha com um absorvente interno . Não rolou muita absorção, justamente porque o interno deu conta do recado.

 

Lavei na hora do banho em água corrente com sabonete líquido. Esfreguei devagar e fui apertando até a água parar de sair avermelhada. Pensei que ficaria com odor devido ao sangue, mas isso não acontece. Fica bem limpinha mesmo.

 

Percebendo que a menstruação já estava em fluxo menos intenso, criei coragem para usar somente a calcinha para dormir. O máximo que poderia acontecer era manchar minha calça do pijama e um pouco do lençol, pensei. Mas não foi o que aconteceu. Acordei com a calcinha pouco pesada, o que significava que não estava cheia, mas que conseguiu comportar o sangue na madrugada.

 

Segundo mês usando a calcinha absorvente


Comecei o segundo mês mais confiante. Usei a calcinha absorvente na primeira noite em que menstruei, quando meu fluxo tende a ficar mais intenso. Quando acordei no dia seguinte, me senti colocando a mão em cima da calcinha e alisando toda a minha calça para saber se estava úmida ou se meus dedos saíam manchados de vermelho. Tudo estava bem sequinho.

 

Consegui ainda passar mais uma hora depois de acordar com a calcinha, o que faria com que ela completasse 12 horas no meu corpo. Esse é o período máximo, se não vaza. E foi o que aconteceu.

 

 

Fui para o banho, lavei e aproveitei o dia de sol para secar rápido e usar de novo no dia seguinte. O uso durante o dia também foi tranquilo. Pensei que, por me movimentar mais, o sangue teria mais brecha para vazar. Não rolou nada disso. Achei incrível ver que a pele fica bem sequinha e nada pegajosa, como sinto acontecer comigo durante o uso dos absorventes descartáveis.

 

Fiquei tão empolgada que acabei usando a calcinha em praticamente todo período menstrual . Precisei intercalar com os absorventes normais porque só tenho uma calcinha. Era o tempo de lavar, secar e reutilizar.

 

Terceiro mês usando a calcinha absorvente


O terceiro mês me castigou com fluxo mais intenso nos dois primeiros dias de menstruação. A calcinha me salvou muito nesses momentos, já que comecei a sentir que estava segura e protegida e não precisei me preocupar com nada além da minha cólica terrível e das dores de cabeça. Notei que minha frequência de idas ao banheiro ou de toques na região para ver se estava tudo bem diminuíram, o que me deixou bem feliz.

 

Fotos: Reprodução

 

Demorou um pouco, mas foi quando consegui estabelecer uma relação de confiança com a calcinha e sabia que poderia contar com ela para me livrar de qualquer imprevisto.

 

 

Afinal, a calcinha absorvente vale a pena?


A calcinha absorvente superou minhas expectativas: diminuiu minhas idas à farmácia, me fez poupar dinheiro e me fez dar mais um passo em direção à uma rotina sustentável e com menos resíduos. Também recomendo muito para quem já passou por perrengues envolvendo vazamentos e horas esfregando as manchas das roupas. Agora, minha meta é ter uma coleção de calcinhas absorventes para chamar de minha e diminuir cada vez mais o uso os absorventes descartáveis.  

 

iG

(1) 2 3 4 ... 16566 »