Política - NITROGLICERINA - Notícias
« 1 2 (3) 4 5 6 ... 11925 »
Política : NITROGLICERINA
Enviado por alexandre em 18/09/2017 19:26:13


Ex-ministro vira chave de cadeia para Lula
Em sua proposta de acordo de delação premiada, o ex-ministro Antonio Palocci oferece ao Ministério Público Federal, sem explicitá-la, a oportunidade de finalmente provar que doações ao Instituto Lula não passaram de propina para o ex-presidente. A força-tarefa já comprovou que empreiteiras investigadas na Lava Jato fizeram depósitos de ao menos R$30 milhões ao Instituto, enquanto roubavam a Petrobras. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Deve agravar dramaticamente a situação penal do ex-presidente Lula a comprovação do pagamento de propinas, inclusive em dinheiro vivo. Palocci é o primeiro a denunciar propina paga em dinheiro para Lula. A delação de Marcelo Odebrecht deve corroborar a acusação. Na sua delação premiada, o empreiteiro Marcelo Odebrecht revela que a “referência” de pagamentos ao Instituto Lula era o Instituto FHC. “A gente tinha doado, não me recordo bem, acho que R$40 milhões [a FHC]”, disse Odebrecht. Lula levou os mesmos R$40 milhões, diz.

Política : POSSE NA PGR
Enviado por alexandre em 18/09/2017 19:21:55


Raquel Dodge assume PGR com discurso de combate à corrupção

Raquel Dodge assumiu a Procuradoria-Geral da República e a presidência do Conselho Nacional do Ministério Público, na manhã desta segunda-feira (18). O termo de possse foi assinado por ela e pelo presidente Michel Temer, em cerimônia da PGR. O ex-procurador-geral, Rodrigo Janot não participou da cerimônia.

Em seu discurso de posse, Dodge disse que o Ministério Público tem “o dever de cobrar dos que gerenciam o gasto público que o façam de modo honesto, eficiente e probo, ao ponto de restabelecer a confiança das pessoas nas instituições de governança”.

Sobre este assunto, ela citou uma fala do papa Francisco, na qual o pontífice ensina que “a corrupção não é um ato, mas uma condição, um estado pessoal e social, no qual a pessoa se habitua a viver”, disse.

“O corrupto está tão fechado e satisfeito em alimentar a sua autosuficiência que não se deixa questionar por nada nem por ninguém. Constituiu uma autoestima que se baseia em atitudes fraudulentas. Passa a vida buscando os atalhos do oportunismo, ao preço de sua própria dignidade e da dignidade dos outros. A corrupção faz perder o pudor que protege a verdade, a bondade e a beleza”, acrescentou.

Segundo Dodge, não têm faltado meios orçamentários nem instrumentos jurídicos para que o MP cumpra seu papel constitucional. “Estou certa de que o MP continuará a receber do Poder Executivo e do Congresso Nacional o apoio indispensável ao aprimoramento das leis e das instituições republicanas e para o exercício de nossas atribuições”.

Ela destacou que o MP tem o dever desempenhar bem todas suas funções, uma vez que elas são necessárias para muitos brasileiros. “A situação continua difícil pois [os brasileiros] estão expostos à violência e à insegurança pública, recebem serviços públicos precários, pagam impostos elevados, encontram obstáculos no acesso à Justiça, sofrem os efeitos da corrupção, têm dificuldade de se auto-organizar, mas ainda almejam um futuro de prosperidade e paz social”.

Membro do Ministério Público Federal desde 1987, Raquel Dodge é primeira mulher a exercer o cargo de procuradora-geral da República. Para vice-procurador-geral da República, ela escolheu o subprocurador-geral da República Luciano Maris Maia. Ela foi indicada na lista tríplice enviada ao presidente da República após eleição da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Raquel Dodge foi a segunda mais votada, ficando atrás de Nicolao Dino.

Rodrigo Janot, que deixa o cargo, não compareceu à posse. De acordo com dados referentes ao segundo período de Janot na Procuradoria, que comandou de 2013 a 2017, na área criminal, que envolve a Operação Lava Jato, foram feitos 242 pedidos de abertura de inquérito, 98 pedidos de busca e apreensão, de interceptações telefônicas e quebras de sigilo bancário e 66 denúncias foram enviadas à Justiça (inclusive duas contra o presidente Temer). (ABr)

Regionais : Homem atacado por mais uma crise de ciúme dá banho de água quente na sua companheira
Enviado por alexandre em 18/09/2017 18:39:42

Homem atacado por mais uma crise de ciúme dá banho de água quente na sua companheira em Presidente Figueiredo, no Amazonas


Juliene está internada em Manaus com queimaduras de segundo e terceiro graus

A Polícia do município de Presidente Figueiredo, distante 117 quilômetros de Manaus, ainda não conseguiu prender o acusado de praticar crime de violência doméstica, Jeferson Rios da Silva, 22. Depois de mais uma discussão provocada por ataque de ciúme, o acusado jogou água quente no corpo de sua companheira, Juliane Lima Barbosa, 20, que havia acabado de pedir a separação. Amigos da vítima disseram que Jeferson só esperou a companheira ir dormir, para botar uma panela com água para ferver e depois foi ao quarto jogar no ouvido de Juliane. A jovem acordou assustada, se defendeu o que pôde, mas assim mesmo Jeferson jogou a água quente sobre o corpo da mulher. Em seguida o acusado fugiu de casa quando outros membros da família disseram que iam chamar a polícia.

Jeferson Rios está sendo procurado pela Polícia

Vizinhos ajudaram a família a levar Juliene para o Hospital Municipal Eraldo Neves Falcão onde recebeu os primeiros socorros mas devido a gravidade das queimaduras, a vítima foi trazida as pressas para Manaus e está internada no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto. Há informações que Juliene sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no rosto, braços e pescoço, podendo ficar com cicatrizes terríveis para o resto da vida.


O comerciante Daniel Silva Barbosa, pai da jovem queimada pelo companheiro, juntamente com outros membros da família, esteve na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo, para denunciar o crime. Ele vem apoiando uma campanha de divulgação da foto de Jeferson Rios, para ajudar a polícia a localizá-lo e prendê-lo dentro das próximas horas.

Ombro de Juliene também foi queimado na agressão (Fotos: Divulgação)


A família de Juliene é bastante conhecida em Presidente Figueiredo e toda a população do município já foi convocada para ajudar nas buscas ao acusado, que sempre manteve um relacionamento conturbado com sua companheira. Ciumento e considerado um homem de atitudes bastante violentas, Jeferson Rios não vinha aceitando os pedidos de separação, até chegar ao ponto de jogar água fervendo no corpo de Juliene. De acordo com policiais que atuam em cima do caso através da Delegacia de Presidente Figueiredo, há informações que Jeferson Rios fugiu para Manaus e está escondido na casa de parentes em algum bairro da Zona Leste. Já foi solicitado apoio da Polícia de Manaus mas até a manhã desta segunda-feira o acusado ainda não havia sido localizado e preso.

PORTAL DO ZACARIAS

Regionais : Servidor do Ministério Público do Amazonas era integrante de quadrilha especializada em 'saidinha de banco'
Enviado por alexandre em 18/09/2017 18:33:53

Servidor do Ministério Público do Amazonas era integrante de quadrilha especializada em 'saidinha de banco'


Os cinco integrantes da quadrilha presa durante a operação "Personare"

Uma ação conjunta do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e do Ministério Público Estadual (MPE), através do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), prendeu cinco acusados de integrar uma quadrilha que tinha como especialidade a prática de assaltos a mão armada conhecidos como “saidinha de banco”. A operação denominada “Personare” vinha sendo realizada nos últimos dias. O que mais chama atenção é o fato de um dos principais mentores dos crimes ser funcionário concursado do MPE. Era ele quem passava informações privilegiadas aos comparsas, antes de cada ação ser praticada.



Manoel Eduardo era servidor do MPE/AM havia quase oito anos

De acordo com os policiais do DRCO, Manoel Eduardo Ramalho Angelim era servidor do MPE havia quase oito anos e era dele o papel de informar aos assaltantes quais os dias dos pagamentos dos pensionistas, promotores e procuradores aposentados do Ministério Público do Amazonas. Além de Manuel Eduardo, foram presos Diogo da Silva Magalhães, 26, Jeferson Izidoro Ramos, 44, Isaías Jacó Braga dos Reis e o motorista do bando, um taxista identificado como “Peixe”, que transportava os comparsas para a frente dos bancos onde faziam os roubos e depois corriam para o táxi deixado num ponto estratégico de fuga.

De acordo com o delegado do DRCO, Guilherme Torres, foram apreendidos na casa do pai de um dos integrantes da quadrilha, o aposentado Francisco Enildo Magalhães, duas pistolas, quatro carregadores, munição, dois carregadores de metralhadora e um carro que também era usado em assaltos.

Armamento e muita munição que a quadrilha usava nos assaltos em saidinhas de banco (Fotos: Divulgação)

Há suspeita de que os assaltantes presos na Operação Personare também atuavam no tráfico de drogas e podem estar vinculados a alguns crimes de homicídios ocorridos aqui na capital, em que desafetos do grupo criminoso teriam sido as vítimas fatais. O delegado Torres disse que os cinco presos já estavam com suas prisões preventivas decretadas. Os presos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino, no começo da tarde desta segunda-feira.

Regionais : IMAGEM FORTE! Ex-presidiário é executado com 13 tiros de pistola 9 milímetros
Enviado por alexandre em 18/09/2017 18:29:42

IMAGEM FORTE! Ex-presidiário é executado com 13 tiros de pistola 9 milímetros no município de Tabatinga


Amizak tentou fugir mas foi morto por dois pistoleiros

Um crime bárbaro foi registrado no domingo à noite no município de Tabatinga, distante 1.102 quilômetros de Manaus. De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 22h na Rua Jerusalém, bairro de Nova Esperança. O ex-presidiário Amizak Taveira de Oliveira, 33, foi executado por dois homens encapuzados, que dispararam 13 tiros de pistola calibre 9 milímetros.

Várias pessoas testemunharam o crime e, segundo seus relatos, Amizak percebeu a chegada dos dois homens armados em uma motocicleta. Ele saiu correndo, mas foi baleado treze vezes e morreu na hora. A maioria dos tiros acertou a cabeça, peito e abdome, e um dos projéteis chegou a fragmentar o braço direito de Amizak.

Depois do crime, os assassinos subiram na motocicleta modelo Honda Crypton e saíram do local em alta velocidade. Segundo a polícia, o homem assassinado esteve preso por tráfico de drogas e saiu recentemente da cadeia. As investigações preliminares apontam que Amizak foi executado por membros de uma facção rival que atua em Tabatinga. As cápsulas das pistolas 9 milímetros disparadas contra a vítima estavam no local do crime e foram recolhidas por um perito da Polícia Civil. O cadáver foi removido para o necrotério do hospital do município. Uma investigação foi iniciada.

ATENÇÃO! IMAGEM FORTE!

« 1 2 (3) 4 5 6 ... 11925 »