Regionais - Rondônia mais que dobrou produção de café nos últimos cinco anos - Notícias
« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 11925 »
Regionais : Rondônia mais que dobrou produção de café nos últimos cinco anos
Enviado por alexandre em 18/09/2017 18:15:58

Rondônia mais que dobrou produção de café nos últimos cinco anos


Rondônia mais que dobrou produção de café nos últimos cinco anos

Do início de 2013 até meados de 2017 a produtividade dos cafezais de Rondônia mais que dobrou, mesmo com a diminuição da área plantada, graças à adoção de mudas clonais, irrigação, colheita tecnificada, manejo adequado, secagem mecanizada e armazenamento controlado, além de políticas públicas acertadas e incentivos fiscais e financeiros do Governo de Rondônia.

Em 1965, a família de Clodoaldo Moreira Nunes (pai e dois filhos), plantou oito mil pés de café robusta na fazenda Castanhal, em Cacoal, dando origem a uma das principais riquezas de Rondônia. Sua importância é tal que, quando da elevação de Território Federal para Estado, em 1981, no brasão de armas de Rondônia, se fez constar um ramo de cacau e outro de café, o primeiro nativo e o segundo trazido pelos migrantes, em sua maioria do estado do Paraná.

Em 2013 se colhia menos de 1 milhão de sacas de café, porque grande parte dos pés de Robusta (Conilon) era tradicional – sem aprimoramento genético. Até meados deste ano (2017), já se colheu mais de 2,1 milhões de sacas, pois a adoção de variedades clonais se expande muito rapidamente, graças a políticas públicas acertadas e incentivos fiscais e financeiros do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri).

Outro fator preponderante foi a constante capacitação dos técnicos e extensionistas da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), que passaram a melhor atender aos pequenos produtores, especialmente os da agricultura familiar.

As ações da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), que intensificou as inspeções e o monitoramento dos viveiros clonais, além de melhorar a qualidade e a sanidade das novas mudas, ampliou de sete viveiros homologados, para cinquenta e oito em todo o Estado.

Evandro Padovani, secretário da Seagri, diz que “uma das primeiras ações de impacto foi a instituição da Câmara Setorial do Café de Rondônia que ocorreu em 16 de agosto de 2013, por meio da portaria nº 42 da Seagri, em que participam representantes da sociedade civil, produtores, empresários e órgãos governamentais envolvidos no processo de melhoria e qualidade do café”.

Em 17 de março de 2015, foi publicada a lei estadual nº 3.516, que institui 10 de abril como o dia de início da colheita do café Conilon em Rondônia, a fim de unificar o plantio e a consequente colheita dos frutos maduros, “pois o café perde peso e qualidade quando colhido verde”, explica Janderson Dalazen, assessor técnico da Emater-RO.

Em 2016 foi criado o Concafé, com o objetivo de incentivar uma melhor produção de café no Estado. O primeiro concurso, realizado naquele ano, com 184 inscritos, apresentou um café de altíssima qualidade surpreendendo especialistas convidados para certificar o produto. Foram distribuídos R$ 25 mil entre os quatro primeiros classificados, três em qualidade e um em sustentabilidade. Todos também receberam a medalha do Mérito Rural Rondon.

O sucesso foi tal que os produtores com melhor qualidade foram convidados a participar da Semana Internacional do Café (SIC), realizada em Belo Horizonte (MG), de 21 a 23 de setembro de 2016. Em 2017, as inscrições para o Concafé foram de 10 de abril a 14 de julho e a fase final com premiação acontece em 21 de setembro, em Cacoal e, assim como no ano passado, os primeiros classificados participarão da SIC.

Em parceria com o Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Conder), a Seagri e a Emater, no período de 2016 a 2019, aplicam quase R$ 6 milhões em Dias de Campo, com palestras e demonstrativos de plantio e manejo que beneficiam, in loco, os agricultores familiares.

Ainda neste ano acontece a regulamentação do Fundo de Apoio à Cultura do Café em Rondônia (Funcafé-RO), criado pela lei nº 2030, de 10 de março de 2009. Após quase oito anos de sua criação, o Funcafé-RO somente agora passa a investir parte da arrecadação dos impostos de industrialização, para fomentar o aprimoramento genético, qualidade e produtividade do café.

Programa Mais Calcário

Em dezembro de 2016 foram criados dois grandes programas: Plante Mais e Mais Calcário. O primeiro fará até o final deste ano a distribuição de mais de 2 milhões de mudas clonais de café Robusta e, até o final de 2018 entregará aos pequenos produtores em torno de 4 milhões de clones.

O segundo programa, Mais Calcário, está entregando gratuitamente 52 mil toneladas de calcário a todos os municípios de Rondônia (uma tonelada para cada um), a fim de corrigir um hectare de terra em, ao menos, 20.800 propriedades da agricultura familiar.

Diversos produtores independentes, a exemplo de Geraldo Jacomin, maior produtor de clones de café robusta de Rondônia, vem desenvolvendo variedades extremamente resistentes e perfeitamente adaptadas ao clima e solo do Estado. Outra experiência exitosa é a variedade BRS – Ouro Preto, desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de Rondônia, que vem sendo amplamente adotada por plantadores de café em processo de migração do Conilon tradicional, para o clonal.

Outros fatores importantes foram as ações do Departamento de Estradas, Rodagens, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER), que visam manter a malha viária estadual em bom estado, o que permite a circulação de veículos durante o ano todo, e com isso garante o escoamento da produção de todos os cantos de Rondônia.

Graças à política produtiva do governo do Estado, a contrapartida dos bancos oficiais (Brasil e Basa) foi imediata. Foram criadas linhas de crédito rural, com juros abaixo do mercado, para aquisição de insumos e equipamentos, capital de giro, investimentos em infra-estrutura e abertura de agroindústrias familiares.

“Nestes quase cinco anos (de janeiro de 2013 a agosto de 2017), investimos muito em qualificação dos nossos técnicos; profissionalização dos pequenos agricultores; desenvolvimento e adoção de mudas clonais de cafés Conilon e Arábica; correção de solos com calcário gratuito da mina pertencente ao Governo (em Pimenta Bueno); adubação orientada por exames laboratoriais e extensionistas da Emater-RO”, enumera Padovani.

Autor / Fonte: Marco Aurélio Anconi/Secom

Regionais : MP investiga pai e filho, ex-prefeitos de município de Rondônia, por suposta aquisição ilegal de cinco toneladas de tambaqui
Enviado por alexandre em 18/09/2017 18:08:42


Porto Velho, RO – O Ministério Público de Rondônia (MP/RO), através da 3ª Promotoria de Justiça de Ariquemes/2ª Titularidade, sob incumbência da promotora de Justiça Joice Gushy Mota Azevedo, instaurou inquérito civil público a fim de investigar suposto ato de improbidade administrativa praticado por pai e filho, ambos ex-prefeitos de Monte Negro.

Jair Miotto, também ex-deputado estadual, e Jair Miotto Júnior estão na “mira” da instituição, além do atacadista Wilson Guerino Bertoli, conhecido como Wilson “Peixeiro”.

Os três são investigados por, supostamente, atentarem contra os princípios da Administração Pública ao participarem de direcionamento do processo licitatório nº 265/2014, oriundo da Prefeitura de Monte Negro.

O objeto do certame seria a aquisição de cinco toneladas de tambaqui in natura.

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Regionais : Caps de Ouro Preto Com Nova Instalação
Enviado por alexandre em 18/09/2017 11:54:28

Caps de Ouro Preto Com Nova Instalação

Vistoriando in loco nesta segunda feira dia (11) o novo espaço Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) localizado na avenida Daniel Comboni o Prefeito Vagno Panisoly PSDC parabenizou o trabalho que ali e feito. Na Estância Turística Ouro Preto do Oeste a mais de 5 anos o (Caps) e uma das poucas cidades em Rondônia que tem esta unidade, que atende o público de segunda a sexta feira.

São 7 pessoas capacitadas que trabalhão na unidade, médico psiquiatra, Psicóloga, uma assistente social, uma pedagoga, um motorista, um agente administrativo e uma administradora. “ Segundo a Psicologa: Lilian Gusmão que recepcionou o Alcaide Vango Panisoly, agora temos um espaço mais tranquilo e com cidadania a população que precisa dos serviços oferecidos naquela unidade frisa Lilian”.
“Temos que dar mais tranquilidade e conforto aos funcionários que naquela unidade trabalha, e também temos que atender os pacientes que ali se encontram, temos um lugar mais sereno e confortável onde as pessoas possam se sentir mais tranquilas ao ser atendida diz Vagno Panisoly, também sou muito grato pelos funcionários que trabalham nesta unidade conclui Panisoly!


ASCOM

Regionais : Fábrica de bloquetes de Vale do Paraíso é reativada após ficar 4 anos abandonada
Enviado por alexandre em 18/09/2017 11:45:57


Fábrica de bloquetes de Vale do Paraíso é reativada após ficar 4 anos abandonada

O prefeito do município de Vale do Paraíso Charles Gomes Pinheiro (PSDB), esteve conferindo pessoalmente a chegada dos materiais na Fábrica de Bloquetes de cimento. Nesta semana, a fábrica já foi reativada. A fábrica tem capacidade para produzir até mil bloquetes por dia. Também serão fabricados meios-fios e lajotas de cimento.

A fábrica havia sido abandonada por 4 anos o que trouxe sérios prejuízos para o erário já que foram investidos recursos públicos na unidade fabril que tinha o propósito de atender as demandas do município no quesito pavimentação de vias públicas.

Os blocos de concreto e demais materiais produzidos na Fábrica serão usados em serviços de pavimentação no município. A administração do prefeito Charles Gomes investiu recursos financeiros e humano na reativação da fábrica que já tem materiais para iniciar a fabricação dos itens necessários para atender os munícipes. O abandono da fábrica de bloquetes foi um retrocesso que quem saiu perdendo foi o povo de Vale do Paraíso por culpa de atitude mesquinha do grupo de oposição que não aceita a decisão soberana das urnas e ficam na torcida do quanto pior melhor o que prova que este mesmo grupo não tem maturidade suficiente para administrar o município de Vale do Paraíso.

O prefeito Charles Gomes ressaltou que a reativação da fábrica dá mais condições de atender com agilidade as demandas dos munícipes. “Estamos investindo, constantemente, em melhorias em toda a cidade. A reativação da fábrica de bloquetes, com produção diária elevada, dará mais condições do município pavimentar ruas, praças e demais espaços públicos da nossa cidade”, pontuou o prefeito que fez questão de agradecer o apoio que sua administração vem recebendo do governador do Estado Confúcio Moura e os deputados estaduais Maurão de Carvalho presidente da ALE/RO (PMDB), Laerte Gomes (PSDB) e Marcelino Tenório (PRP).


Assessoria

Regionais : Prêmio Boas Ideias 2017; concurso dará R$ 27 mil em prêmios tem apoio do prefeito de Vale do Paraíso
Enviado por alexandre em 18/09/2017 10:03:33


Prêmio Boas Ideias 2017; concurso dará R$ 27 mil em prêmios tem apoio do prefeito de Vale do Paraíso
A secretária Executiva Regional de Governo polo IV Maria Araujo de Oliveira esteve esta semana com o prefeito do município de Vale do Paraíso Charles Gomes Pinheiro na oportunidade foi discutido projetos em parceria envolvendo governo do Estado e a prefeitura da localidade mencionada. A secretária de Governo durante a reunião entregou ao gestor público municipal material de divulgação do 4º Prêmio Boas Ideias que teve o seu prazo prorrogado agora os interessados poderão fazer suas inscrições até o dia 25 de setembro por meio do site www.boasideias.ro.gov.br, de forma gratuita. Esse ano o cidadão que não é funcionário público estadual também poderá participar, o projeto é desenvolvidos pela Superintendência de Estado de Assuntos Estratégicos (Seae), e contará com duas categorias.

O prefeito Charles Gomes asseverou que já tem uma mobilização no município voltado para a divulgação do referido prêmio e que vai fortalecer este mote por acreditar que a proposta idealizada pelo governador do Estado Confúcio Moura é bastante positivo. “Temos a grata satisfação de temos um gestor público com uma visão ampla dos fatos que norteia uma administração pública e com a realização deste prêmio o Sr governador Confúcio Moura mostra que é um municipalista. Como prefeito abraçamos a causa e iremos mobilizar a nossa equipe de trabalho no sentido de fortalecer a divulgação deste conceituado prêmio”, justificou o prefeito que foi parabenizado pela secretária de Governo Maria Araujo de Oliveira pela sua sempre receptividade quando é acionado a firmar parceria.

O Prêmio Boas Ideias é promovido pelo governo de Rondônia e está na quarta edição. Foi criado para valorizar os servidores públicos por sua contribuição com projetos relacionados à inovação da gestão pública.
Neste ano, os servidores concorrem com projetos voltados para o tema Comunicação Interna. A proposta é fazer com que notícias sobre realizações do próprio governo tenham fluxo melhor dentro das repartições oficiais.

Para a categoria População, o tema é Segurança Pública. É a oportunidade para que qualquer pessoa, com 18 anos ou mais, apresente projetos inovadores e viáveis para tornar a cidade mais segura. As inscrições podem ser feitas através do endereço www.boasideias.ro.gov.br. O processo é simplificado e rápido, mas é preciso obedecer a todas orientações apresentadas.

POPULAR

A seleção dos projetos será feita em duas etapas, sendo que uma é a avaliação técnica.
As 10 ideias finalistas serão submetidas a votação pública no site www.boasideias.ro.gov.br, de 16 a 30 de novembro deste ano. A entrega dos prêmios acontece em dezembro.

A premiação terá os seguintes valores: 1º lugar – R$ 13 mil, 2º lugar: R$ 8 mil e 3º lugar: R$ 6 mil.
O governador Confúcio Moura, idealizador do prêmio, entregou a realização à Superintendência Estadual de Assuntos Estratégicos (Seae).
A realização do prêmio, conforme Confúcio, é uma demonstração de que o governante precisa das ideias da população para promover as melhorias na gestão.

Sobre a categoria Servidor Público, o governador destacou que os governantes que o antecederam fizeram muito, deixaram ideias muito boas, que acabaram esquecidas. Ao referir-se à categoria que envolve a participação popular, o governador acentuou que os esforços de todos os governos para garantir segurança pública não são suficientes. Ele acrescentou que as propostas vindas do povo serão úteis.
Além de defender um novo formato na política para que a confiança do povo seja restabelecida, Confúcio Moura diz que as nações se reinventam e crescem após desastres naturais e guerras. “Não estamos nesta situação, mas é o momento de encontrar novas alternativas e, nós, do Norte, podemos contribuir”, propõe.

Fonte

Texto: Alexandre Araujo e Secom do Governo de Rondônia

Fotos: Alexandre Araujo

« 1 2 3 (4) 5 6 7 ... 11925 »