Brasil - Fome de cargos - Notícias
Brasil : Fome de cargos
Enviado por alexandre em 12/04/2011 17:59:31



Casal Raupp põem faca no pescoço de Confúcio e querem Casa Civil, Sesau e Seduc

Campeão de votos nas últimas eleições, o senador Valdir Raupp-PMDB, desde que o governador Confúcio foi eleito, vinha cultivando o discurso de que não iria interferir no seu governo fazendo indicações. Quando questionado, dizia: “Já fui governador e sei como é difícil administrar as pressões”. Na prática, porém, o discurso de Raupp se esfacelou.

No último sábado, 09/04, depois da solenidade de aniversário do município de Guajará Mirim em que participou com Confúcio Moura, reuniu seu “exército”, convocou a Marinha e puseram a faca no pescoço do governador. “Queremos a Saúde, a Seduc e a Casa Civil. O governo não vai bem e cremos que estes indicados darão cara nova a sua administração”.

De acordo com um interlocutor do próprio PMDB, Confúcio admitiu, sem mover uma “pestana”, a pressão do casal e prometeu pensar, ao que teria sido retrucado com veemência pela deputada Marinha. “Confúcio, você não entendeu. Você é governador, mas o governo foi eleito pelo PMDB e até agora eu e o Raupp não temos participação nenhuma”.

Os indicados de Raupp e Marinha são: Williames Pimentel para ocupar a Secretaria de estado da Saúde, Sueli Aragão para a Secretaria de Educação, o ex-secretário Dirceu Bettiol para adjunto e na Casa Civil, o ex-prefeito de Porto Velho Tomás Correia.

A notícia caiu como uma bomba dentro do palácio presidente Vargas e nas hostes do próprio PMDB, que rechaçou a indicação do casal Raupp, reclamando que, como titular da Saúde do Município, Pimentel tem dado de ombro as reivindicações de peemedebistas, inclusive os mais históricos.

Ainda segundo fontes palacianas, a imagem de Pimentel seria a de um homem ríspido, que resolve as coisas gritando. Não seria homem de se submeter a comando e nos últimos tempos não vinha atendendo nem mesmo as determinações do prefeito Roberto Sobrinho. Isto, sem dúvida, entra em choque com a calma de Confúcio, que prefere sempre atitudes mais equilibradas.

Já Sueli Aragão, a segunda indicada, anda envolvida com a Justiça, tendo sido condenada pelo Tribunal de Contas por malversação de dinheiro público na Fundação Ronaldo Aragão.

Pimentel, por sua vez, foi preso, recentemente, na operação Hygeia da Polícia Federal, sob acusação de improbidade administrativa quando ocupou a Diretoria Financeira da Funasa em Brasília.

Para assessores do Governador Confúcio, a indicação feita na fronteira por Raupp e Marinha foi infeliz e deveria primeiramente ser levada ao crivo do Ministério Público.

Por seu turno, os peemedebistas acham que apenas o nome de Tomás Correia não tem restrição da Justiça e que Confúcio deve admitir sua indicação sem dificuldade.

Já Pimentel aceita o cargo, mas impôs uma condição. Quer a secretaria de "porteira fechada", inclusive com a indicação do vice sendo sua.


Autor: Rondonoticias

Regionais : Justiça condena Banco do Brasil por fazer cliente esperar na fila
Enviado por alexandre em 12/04/2011 17:48:43

Regionais : Governador busca alternativas junto ao Ministério da Justiça
Enviado por alexandre em 12/04/2011 17:03:28

Regionais : Detran conclui capacitação de chefes de atendimento
Enviado por alexandre em 12/04/2011 17:01:43

Regionais : Chineses vêm a Rondônia propor parceria comercial
Enviado por alexandre em 12/04/2011 17:00:32