Mais Notícias - Lula não vai a final da Copa do Mundo - Notícias
Mais Notícias : Lula não vai a final da Copa do Mundo
Enviado por alexandre em 08/07/2010 10:55:22

Leia mais... | Mais 783 bytes
Brasil : Respeito
Enviado por alexandre em 08/07/2010 10:37:54



Historiador contesta a Funcab sobre a questão mal formulada de história de Rondônia no concurso do HRC.

Historiador contesta gabarito do Hospital Regional de Cacoal

Em entrevista, historiador contesta a Funcab sobre a questão mal formulada de história de Rondônia no concurso do HRC.

Fábio Diniz - Após a publicação do gabarito do concurso para o Hospital Regional de Cacoal, no último dia 30 de junho, dúvidas pairaram nas cabeças de centenas de candidatos sobre a disciplina de atualidades regionais. De acordo com empresa que prestou o certame, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB), a questão nº 11, das provas de nível superior, afirmava que a criação do Estado de Rondônia estava incluída dentro da chamada Marcha para o Oeste, ocorrida nos anos 1930.

De acordo com o historiador Walfredo Tadeu, a questão nº 11 apresenta uma verdadeira confusão histórica, que provavelmente não foi extraída de nenhum livro ou documento histórico-regional ou de algum autor reconhecidamente confiável para tal quesito. Isso pode ser comprovado pela resposta do recurso divulgado pela FUNCAB, em que não cita a fonte que extraiu tal enunciado. Além disso, inclui erroneamente a criação do estado de Rondônia na chamada Marcha para o Oeste do Presidente Getúlio Vargas.

Para o historiador, essa afirmativa não tem ligação com a criação do Estado de Rondônia, até porque a Marcha para o Oeste ocorrida no final dos anos 30 e início da década de 40 foi lançada pelo Presidente Getúlio Vargas, Presidente eleito de forma indireta desde 1934, como uma maneira de ocupar áreas inóspitas e integrá-las ao espaço vital nacional. Portanto, não tendo nenhuma vinculação com a colonização recente (1970-1980), fator decisivo para a criação do Estado.

Contestando o posicionamento da Funcab, o historiador apresenta farta bibliografia que confirma a contradição da questão. Foi durante a Marcha para o Oeste que ocorreu a criação do Território Federal do Guaporé (13/09/1943). Sobre o assunto, vale destacar as obras “Rondônia, Evolução Histórica: A criação do Território Federal do Guaporé, fator de integração nacional, do professor Emanuel Pontes Pinto”, e “História Regional – Rondônia, dos Professores doutores Marco Antônio Domingues Teixeira e Dante Ribeiro da Fonseca”, que relatam a preocupação dos governos republicanos com a ocupação e colonização da Amazônia durante a década de 30.

Para o historiador, a questão nº 11 é uma verdadeira aberração aos valores históricos do Estado de Rondônia. “A questão sequer cita o termo processo de criação, o que daria uma conotação de longa duração histórica, o que tornaria a citação “menos absurda” e talvez não induzisse os candidatos ao erro” disse.

A criação do estado de Rondônia

A criação ocorreu em outras circunstâncias que não aquelas da Marcha para o Oeste. A citação, “Contudo o fluxo migratório da década de 1970 possui características diferentes das anteriores”, extraído do livro dos professores doutores Marco Teixeira e Dante Fonseca, na página 173, confirma o posicionamento do historiador, o que no enunciado da questão não acontece, levando o candidato ao erro. “Mais uma vez os autores reafirmam que houve diferenças que originaram o Território Federal do Guaporé (1943) e o Estado de Rondônia (1981)” destacou o historiador.

Questionamentos

Para Walfredo, o final do enunciado causa uma dubialidade histórica que fatalmente levará o candidato (a) ao erro. Vejamos: “Essa forma de ocupação territorial tinha como objetivo principal”. Aqui cabe uma pergunta: de qual ocupação territorial a questão de refere? A da Marcha para o Oeste ou a da Criação do Estado de Rondônia? Ressalta-se aqui a impossibilidade do candidato ter claramente a proposta da questão.

Recurso

Segundo o historiador, o mais curioso foi analisar o posicionamento da Banca Examinadora da Funcab após os recursos protocolados por candidatos (a) que realizaram o certame. Mesmo verificado o erro grotesco e até mesmo ingênuo, provavelmente fruto do desconhecimento profundo da História de Rondônia, ou até mesmo em virtude de leituras superficiais, a Banca não teve coragem de anular a questão 11, ou sequer avaliar os recursos impetrados pelos candidatos, respondendo vagamente, sem fundamentação bibliográfica ou histórica, às indagações propostas no recurso.

“Ao percebermos o erro, imediatamente fizemos os recursos para nossos alunos, embasados no posicionamento de diversos especialistas sobre o assunto. Nossa preocupação era retificar a questão que versava sobre a história do nosso Estado e, ao mesmo tempo, obter mais um ponto aos candidatos que erraram esta questão sem gabarito correto” frisou.

Sobre o autor

Walfredo Tadeu é historiador, escritor, especialista em história de Rondônia, autor do livro “Nossa História – Rondônia, reconhecido por seus diversos artigos publicados relacionados ao tema, professor de colégios e cursinhos preparatórios, pós-graduado em História do Brasil, palestrante com larga experiência em diversos eventos, com destaque para os Colóquios e Seminários de História Regional realizados pelas faculdades e instituições do Estado.


--
Paulo Henrique Silva (SRTE/RO 983)

Jornalista e Editor do Site Rondoniainfoco

Justiça : Atualização
Enviado por alexandre em 07/07/2010 22:49:56



2º BPM vai ministrar Curso de Condutores de Veículos de Emergência

O 2º Batalhão de Polícia Militar - BPM com sede no município de Ji-Paraná, comandando pelo tenente coronel - PM Márcio Ângelo, vai ministrar o curso de formação de condutores de veículos de emergência – CCVE. As aulas serão ministradas na sede da Unidade militar dividida em duas turmas sendo a 1ª no período de 19 a 30 julho e 2ª turma de 02 a 13 de agosto.

O referido curso visa atender às necessidades da Polícia Militar do Estado de Rondônia, concernentes ao efetivo qualificado para a condução de veículos de emergência conforme dispõe a legislação específica.

A interpretação dada pela Resolução nº. 268, de 15 de fevereiro de 2008, do CONTRAN, no §3º do art. 1º, entendem-se por veículos de emergência aqueles já tipificados no inciso VII, do art. 29 do CTB, portanto classificando os veículos de polícia como veículos de emergência

O curso será realizado em duas etapas. A parte teórica envolve as disciplinas de Direção Defensiva, Legislação de Trânsito, Primeiros Socorros, exercícios de frenagem com desvio de obstáculos, noções de Meio Ambiente, Convívio Social e Relações Interpessoais.

O objetivo principal do curso é capacitar os condutores a colocarem em prática todo o conhecimento adquirido no decorrer das aulas para desempenhar da melhor maneira possível sua função de motorista policial militar, uma vez que os veículos da PM e do Corpo de Bombeiros passaram a ser classificados como de emergência a partir da resolução 268/2008 CONTRAN, passando então a exigir tal qualificação.

"O policial desempenha uma atividade diferenciada, sob estresse. Portanto, deve estar preparado para dirigir em situações de emergência, com equilíbrio e poder de decisão", explica o tenente-coronel Márcio Ângelo que acrescentou os instrutores que vão ministrar o curso CCVE foram formados no SEST/SENAT em Porto Velho.


Autor Alexandre Araujo


Fonte: ouropretoonline.com

Policial : Apóstolo?
Enviado por alexandre em 07/07/2010 17:00:10



Apóstolo Valdomiro, o do sopro, o do suor fedido, este sim deveria ser preso e deportado


Apareceu na televisão um negão de venta grande, metido a apóstolo de Jesus Cristo, soprando nos doentes para curá-los. Chama-se Valdomiro e, à semelhança de Edir Macedo, está crescendo e se multiplicando pelo Brasil afora, curando aleijados, dando vista aos cegos, enricando pobres e, claro, aumentando a sua fortuna.



Até uma bispa arrumou e, somente para variar, uma bispa loira. Não sei porque diabos negro, ou afrodescendente como queiram, adora uma loira. Pelé nunca quís saber de branca ou preta, só loira como Xuxa e a sua recente ex. E depois nós é que somos racistas.

Mas voltemos ao Valdomiro, o "apóstolo". A igreja dele tem o vistoso nome de "Igreja Mundial do Poder de Deus". Começou numa garagem e hoje ocupa vistosa sede, tendo já ramificações em várias partes do Brasil, inclusive aqui na Paraíba. Tenho assistido as suas pregações e concluído que não passa de um analfabeto. Mal lê a Bíblia. Apenas recita alguns versículos e passa o tempo todo soprando nos ouvidos dos doentes. Estes, com os sopros, se levantam bonitos e fagueiros, vendendo saúde e aumentando a fama do dito cujo. Têm as mesmas caras dos tapias daquele joguinho você perde, você ganha, que atuam como chamariz de bêstas.




E a legião de crentes aumenta. Mulheres clamam por um pouquinho do seu suor. Levam toalhas para ele molhar com o suor que desce de sua cara gorda. Levam para casa como se fosse essência milagrosa. E o homem enricando.



O brasil está ficando lotado de espertalhões. Edir Macedo ficou tão rico que mora nos states, vindo aqui apenas buscar a renda de suas catedrais monumentais. Virou dono de império de comunicação, elegeu bispos e pastores para o Senado, Câmara Federal, Assembléias Legislativas e Câmaras Municipais. Seu sonho é chegar à Presidência da República. E não duvido que chegue. É obstinado e cretino o suficiente para fazer sucesso nesse brasil de gente idiota.



O menos ruim é um tal de bispo RR Soares. Sabe ler e prega direitinho. Mas gosta de dinheiro do mesmo jeito. E anuncia milagres de curas da mesma maneira. Tem o despudor de anunciar curas de câncer e de aids com o toque de suas palavras, desde que o bom fiel doe o que é seu à causa de Deus. Um cretino bem comportado, porém um cretino do mesmo jeito.


Agora o apóstolo Valdomiro, o do sopro, o do suor fedido vendido como essência, este sim deveria ser preso e deportado. De preferência para o inferno das quengas.PS: Ele acaba de comprar um jatinho por 43 milhões de reais.

Autor Tião Lucena

Advogado e jornalista

Regionais : NOVA CAMPANHA: Cartilha sobre corrupção eleitoral e saúde é lançada no CNS‏
Enviado por alexandre em 07/07/2010 16:39:02

Leia mais... | Mais 2210 bytes